Santas Commodities Apr 30, 2021

CARTA MENSAL DO GESTOR DE RENDA VARIÁVEL

O mês de abril foi amplamente positivo para os ativos financeiros locais. A despeito dos níveis alarmantes de casos de contaminação por Covid-19, os investidores deram maior peso ao andamento satisfatório da vacinação, antecipando uma queda mais significativa de novos casos e uma progressão da reabertura econômica nos meses à frente. Decerto, a alta das commodities e a queda dos juros longos nos EUA também contribuíram para o desempenho positivo. No mês, o Real se valorizou 3,6% e o Dólar fechou o mês cotado a R$ 5,438. Na mesma tendência, a curva de juros interrompeu a sequência de altas e recuou levemente. O juro pré-fixado de 5 anos caiu 31 pontos para 8,10%. Os spreads da NTN-Bs longas ficaram estáveis (a de vencimento 2050 fechou em 4,48%). O Ibovespa subiu 1,9%, puxado pelas ações de exportadoras de commodities e pela recuperação dos setores de tecnologia.

Em relação ao quadro econômico doméstico, houve pouca mudança. Contudo, aparentemente, a ausência de novas notícias negativas permitiu um alívio no movimento de deterioração dos juros. No quadro externo, o país está sendo amplamente favorecido pela valorização expressiva dos preços dos produtos básicos produzidos para exportação, como o minério de ferro, soja, etc. Os termos de troca da economia brasileira voltaram aos patamares de 2009/10, quando eram recorde. Claramente, os fundamentos econômicos jogam a favor de uma maior valorização do Real. O saldo recorde da balança comercial de USD 10,3 bi atesta essa condição. Acreditamos que se houver melhora na percepção de risco político, o Dólar pode recuar para um nível mais próximo de R$ 5,00.

Vale notar que, após as recentes saídas, os investidores estrangeiros voltaram a entrar com recursos na Bovespa (BRL 7,4 bi em abril). Além disso, com ajustes nas faixas iniciais de preços, boa parte das ofertas de ações (IPOs) estão conseguindo ser colocadas no mercado.

Continuamos achando o cenário doméstico desafiador, com muita incerteza política e quadro fiscal delicado. No entanto, a impressionante valorização dos preços das commodities pode ser convertida em desempenho econômico acima das expectativas a médio prazo. A combinação de valuation atraente (relação Preço/Lucro de 10,3x), bons resultados divulgados pelas empresas listadas e expectativa de reabertura da atividade econômica pode continuar favorecendo o desempenho do índice nos próximos meses.